Calendário da Rede de Sementes do Xingu conquista Prêmio Brasileiro

Em meio a maior premiação da indústria gráfica brasileira, o Calendário da Rede de Sementes do Xingu faturou o prêmio de melhor calendário de 2016. O Prêmio Brasileiro de Excelência Gráfica Fernando Pini ocorreu no dia 22 de novembro de 2016, considerado como uma das maiores festas da indústria gráfica em todo o mundo. O calendário conta com o designer de Ana Cristina Silveira e concepção de Danilo Ignácio de Urzedo.

A proposta de produção de calendários pela Rede teve início no ano de 2013, apoiando o trabalho do coletor de sementes na observação da natureza para responder a pergunta: quando coletar as sementes florestais? “Ao longo desses 4 anos, esse material tem apoiado a rotina dos coletores. Com um planejamento usando o calendário, o coletor tem conseguido acompanhar as fases de reprodução das espécies para reconhecer a época de coleta dos frutos e sementes, gerando ganhos de rendimento de trabalho e redução de custos”, explica Danilo Urzedo.

Na versão de 2016, a Rede optou por um modelo diferente de calendário. O design em formato circular foi elaborado para apoiar as metodologias de pesquisa do programa de ação da juventude. Assim, jovens pesquisadores indígenas e agricultores familiares usaram o calendário para desenhar ciclos anuais da floresta, agricultura e das atividades de suas comunidades, permitindo avaliar e identificar em quais aspectos estão ocorrendo impactos com as mudanças climáticas.

Sobre o premio

O Prêmio Brasileiro de Excelência Gráfica Fernando Pini foi criado em 1991. Dois anos depois, a premiação conquistou notoriedade no País. O nome Fernando Pini foi incorporado ao prêmio em 1995 – ano de falecimento de um dos mais brilhantes técnicos da indústria gráfica. O prêmio é reconhecido internacionalmente pelo nível dos trabalhos apresentados e já rompeu a barreira de 1500 produtos.

(Por Danilo Ignácio. Edição Rafael Govari. Fotos: Guaíra Maia)

Uma resposta para "Calendário da Rede de Sementes do Xingu conquista Prêmio Brasileiro"

15 de agosto de 2017 at 11:46 Juliana Müller Freire / Responder

Eu quero adquirir um calendário deste,mesmo que seja do ano passado. Como fazer?

Deixe um comentário